ContabilidadeEmpreendedor

Empresário ou comerciante?

Por 20 de agosto de 2019 Nenhum Comentário

De uns tempos pra cá vêm acontecendo mudanças que impactam diretamente a vida dos empresários. A obrigatoriedade da Nota Fiscal Eletrônica, o SPED Fiscal, a Nota Fiscal Gaúcha e o fato de ter que informar os impostos na nota são algumas dessas mudanças. A questão que traremos para reflexão nesse post é: os empresários estão preparados para tantas obrigações adicionais?

O preenchimento de notas fiscais sempre foi uma atribuição dos empresários (embora tenha me deparado com escritórios contábeis preenchendo notas pros clientes), mas com o surgimento da Nota Fiscal Eletrônica, essa tarefa ficou mais espinhosa, pois exige que o empresário inclua no seu vocabulário termos como: CFOP, CST, NCM, Substituição Tributária, entre outros.

O SPED Fiscal, por exemplo, exige que o empresário tenha em seu estabelecimento um sistema que possibilite gerar um arquivo com informações de cada venda feita.

A Nota Fiscal Gaúcha exige que o empresário gere um arquivo de sua máquina emissora de cupons fiscais para ser entregue ao Fisco. Caso sua impressora seja obsoleta e não seja possível gerar este arquivo, deve ser substituída por outra mais moderna. O empresário também deve destacar o valor em reais dos impostos incidentes em cada venda, obrigando o empresário a ter um sistema informatizado ou uma relação de cada produto ou serviço vendido, com sua respectiva carga tributária.

A repetição da palavra empresário neste texto é proposital: não é o contador que tem que investir em tecnologia e conhecimento para atender o Fisco, é o próprio empresário.

Não entraremos no mérito do excesso de exigências por parte do Governo, ficaremos apenas com a conclusão de que o empresário necessita ser mais do que um mero comerciante ou prestador de serviço e é necessária uma maior integração com o seu contador para entender mais do seu negócio. Chame o profissional contábil para dentro da sua empresa, questione, discuta alternativas. Não seja um agente passivo das mudanças no seu empreendimento.

Deixe um Comentário